Viação Costeira - Mobilidade Fluminense

Ir para o conteúdo

Menu principal:

 

Viação Costeira

A Viação Costeira, foi fundada em 17 de outubro de 1996, com o objetivo de operar linhas no município de Mangaratiba, onde mantém sua sede na estrada São João Marcos, na Praia do Saco.

Operava, inicialmente, fazendo as ligações entre os distritos de Itacuruçá, Muriqui e Mangaratiba, abrangendo posteriormente o distrito de Conceição de Jacareí. Conquistou também serviços de fretamento, entre eles o atual transporte escolar do município. Hoje, opera também em serviços intermunicipais no estado do Rio de Janeiro, entre eles turismo fretamento e a mais nova linha “Baixada x Barra da Tijuca”, partindo de Nova iguaçú, com veículos novos dotados de ar condicionado, TV, música, GPS, entre outros.

A Costeira, originalmente, operava o transporte municipal de Mangaratiba/RJ.
Em 2010, com a Expresso Mangaratiba impossibilitada de concorrer a licitação da linha 405T, o grupo Breda utilizou o CNPJ da Costeira para participar do certame. Ela opera a linha com 20 carros.
Com o argumento de serem rodoviários e assim não estando dentro dos padrões operacionais da linha, os carros inicialmente utilizados na linha não foram aprovados pelo DETRO, A linha foi operada inicialmente, por quase dois meses unicamente pela Viação Cidade do Aço. Estes carros foram substituídos por outros urbanos e tiveram destino ainda incerto, provavelmente foram para a operação das linha do Metrô Expresso Oeste.


Em 2012, 10 dos 20 carros foram trocados pelos City curtos OF-1722.
Com essa troca, esses carros passaram a rodar nas linhas da Exp.Mangaratiba com o nome da Expresso e o adesivo “Em comodato” e numeração da Mangaratiba.
Além disso, junto com os City curtos, vieram também Spectrum Intercity sem ar, que também foram passados para a Mangaratiba em comodato.
Mas, com o tempo, os carros que estavam em comodato começaram a voltar para a empresa original.

E carros com pintura da Expresso passaram a ostentar o nome Costeira. Esses carros foram comprados para linha da Barra, mas como suas características não eram as do edital, o Detro embarreirou e eles foram repassados a Expresso.
Mais recentemente, alguns carros da Expresso começaram a ser repintados com a pintura da Costeira.
Atualmente a Costeira não opera mais o transporte municipal de Mangaratiba. As linhas são cobertas pelas linhas intermunicipais da própria Costeira.
E, uma empresa que começou no intermunicipal com 20 veículos, hoje já possui numeração(não quer dizer que todas estejam ocupadas) na casa dos 100 carros.

Comentários


 
Sem comentários
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal